segunda-feira, 9 de junho de 2014

APENAS UM JUMENTO


Certo dia, um jumentinho chegou em sua casa todo contente e comentou com sua mãe:
- Mamãe, hoje me aconteceu algo especial. Estive em uma cidade e quando lá cheguei fui intensamente aplaudido. Enquanto eu caminhava pelas ruas uma grande multidão gritava de alegria, muitos estendiam mantos pelo chão por onde eu passava, outros colocavam ramos de palmeiras pelo caminho, uma enorme festa foi feita para mim, aquela gente estava muito contente com a minha presença.
Sua mãe, uma velha e experiente jumenta, ficou intrigada com a eufórica narrativa do filho, e perguntou: 

- Meu filho, você estava levando alguém em suas costas quando entrou nesta cidade?
E o jumentinho respondeu: - Estava sim, eu levava um homem chamado Jesus Cristo – e continuou – mas eu tenho certeza que as pessoas não fizeram tamanha festa para ele, aquilo tudo foi para mim.
Então sua mãe deu ao jumentinho a seguinte ideia:- Filho, volte a essa cidade, mas agora sozinho, entre e passe pelas ruas novamente, vamos ver como as pessoas vão te receber.
O jumentinho respondeu: 

- Assim que eu tiver uma oportunidade, voltarei lá e farei conforme sua sugestão.
Um dia, passando pelas bandas daquela cidade, o jumentinho resolveu seguir o conselho da sua mãe, e entrou sozinho na cidade, mas, ao passar pelas ruas as pessoas começaram a agredi-lo, xingá-lo, maltratá-lo, chegaram até a bater nele e depois o expulsaram.
O pobre animal, voltou para casa arrasado, e com lágrimas nos olhos contou para sua mãe a triste recepção que teve na cidade.
- Mamãe, hoje nada de bom aconteceu comigo. Entrei na cidade e não houve palmas, nem mantos, nem alegria, nem honras.... Apanhei, fui xingado e maltratado, eles não me reconheceram. Por que isso aconteceu comigo?
E a sua mãe respondeu:


- MEU FILHO QUERIDO, SEJA MAIS SIMPLES, HUMILDE E APRENDA A SEGUINTE LIÇÃO: SEM JESUS CRISTO VOCÊ NÃO PASSA DE UM JUMENTO....

Fica aqui um pergunta: E você, meu querido amigo, quem é sem Jesus Cristo?


(autor desconhecido)

Um comentário: